FISL 13 eu fui

    Já perdi a conta de quantas vezes participei do FISL. Todas  de alguma forma foram proveitosas, mesmo quando tive que passar a maior parte do tempo trabalhando ou indo por um dia no evento.

Todos os anos voltamos a ”Festa da Padroeira” (como diria o Cezinha), este ano tinha espaço para andar sem trombar! Sem contar que estava frio. Não, não estava frio, não… Estava frio para c\$r\$lhX

Como toda festa de padroeira, muitas vão pela primeira vez, muitos voltam, outras deixam para voltar na próxima vez e outras nunca mais voltarão. Mas o importante é que todos sabem que FISL estará sempre lá para aqueles que queiram encontrar alguns malucos  que estão afim de fazer alguma coisa em Software Livre/Código Aberto.

    Esse no de 2012 fui apenas como espectador, assisti algumas palestras e revi muitos amigos. Senti falta de muitos amigos que não foram ou que não pude encontrar por lá, mas principalmente senti falta dos grupos de usuários (PostgreSQL e Debian) que de alguma forma ajudei nesses últimos anos.

    Ir ao FISL é sempre bom, sempre voltamos com milhões de ideias na cabeça, energia renovada para voltar a contribuir com frequência e principalmente: ver que os anos pioneiros de Software Livre foram importantíssimo pois não se viu no FISL esse ano algo que acontecia algum tempo atrás…

    Nos primórdios, uma das atividades mais importante em qualquer evento de Software Livre era fazer um Install Fest para fazer instalação de alguma distribuição Linux. Se teve esse ano, passou praticamente despercebido mas foi interessante perceber (insigth do Flávio Pontes) que as necessidades mudaram ou talvez “evoluiram”.

    Bom, resumindo, o que senti falta:

    É isso, foi bom! Foi divertido e nos vemos no FISL 14. ;)

Obs. Esqueci… Fui no show do BR-080! :)

comments powered by Disqus