Docker 1 dot 6 lancado

O lançamento da versão 1.6 veio com boas novidades, algumas delas são do ecossistema mas cabe destacar: Docker Compose, Docker Machine e o Registry. O Compose é o antigo Fig, ele facilita bastante se você trabalho com sistemas em múltiplos containers. O Machine permite criar uma infraestrutura Docker rapidamente, seja numa máquina virtual (exemplo: Virtualbox) ou mesmo numa IaaS (AWS, Digital Ocean, etc.).

As funcionalidades da versão 1.6 que gostei foram:

Suporte a Image Labels

No Dockerfile pode adicionar um campo extra para usar como identificação sua. Isso permite pesquisar informações de containers e imagens usando esse campo.

Logging Drivers

Ficou bem mais fácil enviar os logs para um Syslog ou similares. Muita gente tem dificuldade de lidar com os logs do container até essa versão.

  • Alterar as imagens de containers sem recriá-las A partir desta versão é possível alterar algumas coisas numa imagem de container sem a necessidade de gerar novamente.

Ulimit

A minha favorita, agora é possível alterar alguns parâmetros do ulimit, bom para serviços que usam muito processos como banco de dados.

Para saber mais, acesse o blog do Docker que tem mais informações.

Obs.: Ah, a versão 1.6 está na Experimental no Debian e infezlimente não entrou na Jessie, mas logo estará disponível no Backports.

Obs.2: O original dessa imagem é do blog do Docker.

 
comments powered by Disqus